20 sementes argyreia nervosa - trepadeira elefante

R$24,90

20 sementes argyreia nervosa (trepadeira elefante)

Quantidade

Última vez que este produto foi comprado: 05-12-2019



Informe o CEP do endereço de entrega para calcular o valor do frete:

 

 veja  comentarios de clientes facebook

https://www.facebook.com/jardimxamanicoenteogenos

 

 

 



 

*informações de cultivo no final da pagina

 

 

argyreia nervosa (trepadeira elefante) Sementes

20 sementes strain hawaiana  

 frescas e de cultivo organico

 

 

 

 

 

 

leia https://www.jardimxamanico.com/content/3-terms-and-conditions-of-use

A trepadeira-elefante é uma trepadeira de textura semi-lenhosa, de raízes profundas e crescimento vigoroso, excelente para cobrir caramanchões. Sua ramagem é longa, alcançando cerca de 9 metros de altura. Os ramos são recobertos por uma fina lanugem, assim como a página inferior das folhas. Esta lanugem confere um toque aveludado e uma tonalidade prateada à planta. As folhas da trepadeira-elefante são grandes e cordiformes, de cor verde-escura a acinzentada.

Suas flores são campanuladas, rosa-arroxeadas e muito vistosas. A floração ocorre na primavera e verão. Os frutos surgem no outono e são decorativos, lenhosos, marrons, e em conjunto com as sépatas, também lenhosas, são conhecidos como rosas-de-madeira. As sementes são numerosas, amarronzadas e contêm substâncias alucinóginas e antiinflamatórias. Elas são utilizadas há milhares de anos em rituais espirituais e na medicina Ayurveda.

No paisagismo a trepadeira-elefante é indicada para cobrir estruturas médias e grandes, tais como pórticos, pérgolas e caramanchões. Nestes suportes ela oferece uma sombra fresca e agradável, com suas folhas enormes, bem ao estilo tropical. Também é apropriada para cercas e muros. Por seu porte naturalmente avantajado, não é indicada para vasos ou jardineiras, sob pena de se tornar raquítica e fraca. Devido à facilidade de propagação, esta espécie pode se tornar invasiva.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e periodicamente irrigado. Planta tipicamente tropical, aprecia o calor e a umidade. Não tolera frio intenso ou geadas. Multiplica-se facilmente por sementes ou por estaquia. A dormência das sementes pode ser quebrada deixando-as de molho em água por 12 antes do plantio. Germina em cerca de 30 dias.

A trepadeira-elefante é uma trepadeira de textura semi-lenhosa, de raízes profundas e crescimento vigoroso, excelente para cobrir caramanchões. Sua ramagem é longa, alcançando cerca de 9 metros de altura. Os ramos são recobertos por uma fina lanugem, assim como a página inferior das folhas. Esta lanugem confere um toque aveludado e uma tonalidade prateada à planta. As folhas da trepadeira-elefante são grandes e cordiformes, de cor verde-escura a acinzentada.

Suas flores são campanuladas, rosa-arroxeadas e muito vistosas. A floração ocorre na primavera e verão. Os frutos surgem no outono e são decorativos, lenhosos, marrons, e em conjunto com as sépatas, também lenhosas, são conhecidos como rosas-de-madeira. 

No paisagismo a trepadeira-elefante é indicada para cobrir estruturas médias e grandes, tais como pórticos, pérgolas e caramanchões. Nestes suportes ela oferece uma sombra fresca e agradável, com suas folhas enormes, bem ao estilo tropical. Também é apropriada para cercas e muros. Por seu porte naturalmente avantajado, não é indicada para vasos ou jardineiras, sob pena de se tornar raquítica e fraca. Devido à facilidade de propagação, esta espécie pode se tornar invasiva.

Deve ser cultivada sob sol pleno, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e periodicamente irrigado. Planta tipicamente tropical, aprecia o calor e a umidade. Não tolera frio intenso ou geadas. Multiplica-se facilmente por sementes ou por estaquia. A dormência das sementes pode ser quebrada deixando-as de molho em água por 12 antes do plantio. Germina em cerca de 30 dias.

 

 

443 Itens