10 gr Peganum harmala (Arruda Síria) - 10g de sementes

R$9,90

Amplamente utilizada com propósitos xamânicos, é um substituto para o cipó Mariri (Ayahuasca), apresentando beta-carbolinas inibidoras da enzima MAO (IMAO).

Quantidade

Última vez que este produto foi adicionado a um carrinho: 18-04-2018

 

 

10 grs r$9,90

 

 

 

 

 

Nome Botânico: Peganum Harmala L.
Nomes Comuns: Arruda Síria, Syrian Rue, Harmala.

NÃO VENDIDO PARA CONSUMO HUMANO

origem: India

Descrição:

Erva perene pertencente à família Nitrariaceae que gosta de climas secos e áreas arenosas. Cresce até pouco mais de 50cm, espalha-se lateralmente por áreas de até 2x2m quadrados; possui folhas estreitas e suculentas e flores e sementes pequenas. Amplamente utilizada com propósitos xamânicos, é um substituto para o cipó Mariri (Ayahuasca), apresentando beta-carbolinas inibidoras da enzima MAO (IMAO).

Sementes orgânicas.

 

 

Cultivo:

 A Peganum harmala ou Arruda Síria se dá com solos comuns, bem drenados, arenosos e aerados; Uma boa mistura é a de 1/4 Terra vegetal, 1/4 areia, 1/4 fibra de côco (ou casca de pinus) e 1/4 vermiculita (se não tiver pode substituir esta parte por areia + húmus de minhoca); As sementes podem ser colocadas diretamente na terra.

Quanto às regas, a Arruda Síria NÃO gosta de água excessiva, então só deve ser regada quando a terra estiver realmente seca; regas excessivas causam apodrecimento das raízes e morte da planta; Uma boa técnica para regá-la é colocar um prato para vasos embaixo do vaso, e enxê-lo com água, deixando que a água chegue naturalmente às sementes, sem depositar água diretamente sobre elas; Ponha o vaso em local bem iluminado, porém evite expor a planta jovem ao Sol direto durante os horários mais quentes (das 10:00 às 15:00 horas).  A adubação deve ser feita pelo menos uma vez ao ano, um chá de húmus funciona muito bem para isto, mas procure controlar o pH da terra, calcáreo ou mesmo cascas de ovos funcionam para este fim (1 colher de sopa basta).

Por serem plantas que crescem naturalmente em solos secos e arenosos, uma composição mais completa para o solo seria:

1 parte de vermiculita 
1 parte de terra vegetal
meia parte de areia grossa
meia parte de humus
meia parte de cascas de pinos
meia parte de areia fina

Enterre as sementes a 0,5cm da superfície, regando todos os dias (sem enxarcar) até elas germinarem, após isso diminua para 1 vez por semana ou mesmo 1 vez a cada 2 semanas, já que são plantas acostumadas com clima seco. Regue apenas quando estiverem claramente necessitadas.

SUBSTANCIAS PERIGOSAS: IMAOs  

 

Inibidores da enzima de MAO (IMAOs)

O DMT encontrado em plantas como a jurema-preta (Mimosa hostilis), a chaliponga (Diplopterys cabrerana), a flor do ilinóis (Desmanthus illinoensis), a chacrona (Psychotria viridis) e o capim-amarelo (Phalaris arundinacea) não surte efeito quando ingerido oralmente. Isto deve-se ao fato que é destruído no corpo pela monoamina oxidase (MAO). A MAO é uma enzima importante que destrói certos compostos químicos tais como drogas e venenos. 

Os inibidores da MAO interferem no funcionamento da mesma, e param a destruição de compostos químicos tais como o DMT, tornando-o neutro quando ingerido oralmente. Esta é a base principal da medicina tradicional visionária da Amazónia, a ayahuasca. 

Nas proporções adequadas, os cogumelos alucinógenos e algumas outras substâncias psicadélicas podem ser usados juntamente com inibidores da MAO. 

Os inibidores da MAO devem ser usados com grande cuidado, pois de outro modo substâncias e alimentos normais podem tornar-se venenosos. Os resultados podem ser perigosos: dores de cabeça, náuseas, ou mesmo perda da consciência e morte. Na tradição xamã, os inibidores da MAO são usados tipicamente após pelo menos 12h de jejum (antes e após uso), ou após outra forma de dieta intensa. Aconselhamos que se siga esta tradição.

Lista de substâncias

Abaixo encontras uma lista de substâncias que NÃO deves tomar 12 horas antes e 12 horas depois de tomares um inibidor da MAO.

 

SUBSTÂNCIAS MUITO PERIGOSAS:

 

-antidepressivos contendo inibidores seletivos de recaptação da serotonina (ISRS), tais como a erva kanna (Sceletium tortuosum) e comprimidos como paroxetina (Seroxat), fluoxetina (Prozac), citalopram (Cipramil), fluvoxamina (Fevarin) e sertralina (Zoloft) 
-comprimidos para dormir
-anestésicos
-remédios para enxaquecas
-remédios para alergias
-remédios para constipações
-cocaína
-anfetaminas (speed)
-MDMA (XTC)
-cactos de mescalina (peiote e são pedro) 
-álcool
-éfedra/efedrina (por exemplo produtos tais como Ephedra

 

SUBSTÂNCIAS QUE CAUSAM EFEITOS COLATERAIS (DORES DE CABEÇA E VÔMITO)

 

-produtos lácteos (manteiga, leite, iogurte e natas)
-queijos (exceção: queijo fresco, queijo creme)
-fiambres secos ou fermentados (bologna, salame, pepperoni, fígado)
-carnes secas, peixe e ovos secos
-conservas e peixe seco com sal
-extratos de carne
-extratos de levedura (Marmite)
-couve fermentada
-frutas (bananas, abacate, figos, passas, ameixas vermelhas, ananás, framboesas, fruta enlatada)
-nozes (amendoins)
-feijões e vagens (feijão-verde, favas, lentilhas, ervilhas e rebentos de soja)
-molho de soja
-LSA (sementes de glória-da-manhã e trepadeira-elefante) 
-ervas com MDA (noz-moscada, cálamo)
-chocolate
-cafeína (café, chá, colas, guaraná, bebidas energéticas)
-ginseng
-erva de são joão
-inaladores nasais (Vicks Sinex, Prevalin ou Otrivin)
-outros inibidores da MAO

 

 

O QUE SÃO "IMAOS"



IMAOs (Inibidores da MonoAmina-Oxidase) são as substâncias capazes de inibir a ação de enzimas que possuímos chamadas "MAO-A" e "MAO-B" (MonoAmina-Oxidases A e B). As MAOs estão relacionadas com a regulação de certas substâncias em nosso organismo, principalmente neurotransmissores (como serotonina e DMT). Também é fato que as MAOs regulam algumas substâncias nocivas, protegendo-nos de intoxicações. Razão pela qual, muitas vezes, ao fazer uso de IMAOs, (principalmente os Irreverssíveis) é necessário que o paciente siga uma dieta que evita diversos alementos.

Quando o IMAO não destroi as MAOs, mas apenas bloqueia temporariamente sua ação, ele é chamado de IMAO Reversível, posto que as enzimas voltam a funcionar conforme nosso corpo elimine o agente IMAO; Já quando ele destroi definitivamente as enzimas, é chamado IMAO Irreversível, assim só voltamos a ter enzimas quando nosso corpo as produzir novamente, o que em geral demora muito tempo.

Além de certos alimentos, os IMAOs não devem ser combinados com Inibidores de Recaptação Seletiva de Serotonina (IRSS), além de outros fármacos psicotrópicos, sob risco de crise serotoninérgica.


Lista dos principais alimentos a serem evitados:

· Abacate
· Amendoim
· Azeite de soja
· Bebidas “colas”
· Bebidas alcoólicas
· Bebidas fermentadas
· Berinjela
· Cafeína
· Carnes
· Casca de banana
· Castanha-de-caju
· Caviar
· Cerveja, chopp
· Chocolate
· Ervilha
· Espinafre
· Extrato de carne
· Favos
· Frutos-do-mar
· Ginseng
· Grão-de-bico
· Iogurte
· Lingüiça
· Molho de soja
· Mortadela
· Noz-de-côco
· Passas
· Patês
· Peixes
· Pizza
· Queijos (à exceção de requeijão e ricota)
· Repolho-azedo
· Salame
· Salsichas
· Sopas (todas que contenham qualquer ingrediente aqui mencionado)
· Suplementos protéicos
· Tâmaras
· Tomate
· Vagem
entre outros...

 

9 Itens