• Novo

50 grs salvia officinalis

R$7,50

50 grs salvia officinalis

Quantidade

Última vez que este produto foi adicionado a um carrinho: 10-10-2018

Sálvia officinalis é um pequeno arbusto. Nativa da região do Mediterrâneo, mas atualmente é cultivada em várias regiões do mundo, mais para fins culinários do que medicinais. Suas folhas são verdes, coberta por pequenos pelos. Suas flores são violetas e pequenas. A Sálvia possui um odor forte e perfumado, por isso, é muito utilizado na culinária. Faz parte do mesmo gênero da famosa Salvia Divinorum. 

Indicações terapêuticas

Higiene bucal e vaginal, distúrbios estomacais, astenia, diminui a transpiração, regula a menstruação. 

 

Princípios ativos

Flavonóide, triterpenos, ácido oleânico, diterpenos, óleo essencial, limoneno, pineno, humuleno, linanol livre e esterificado, bornil

 

Uso medicinal

Usa-se a planta toda, mas principalmente as sumidades floridas e as folhas, colhidas quando as hastes começam a florir.

 

A ação antiespasmódica do extrato hidro-alcóolico é comprovada por estudo em íleo de cobaia sob estimulação elétrica.

 

Também é antioxidante (pelos diterpenos e ácido rosmariníco que possui).

 

É usada localmente para higiene bucal e vaginal (há creme dentifrício que a contém) e oralmente para distúrbios estomacais, como estimulante geral, em astenia, e para diminuir a transpiração.

 

Usa-se também para regular a menstruação.

 

Dosagem indicada

Sob a forma de infusão recomenda-se 5 gramas de folhas de Salvia em 50 ml de água fervente.

 

Se preferir fazer com vinho: 80g de Salvia em um litro de vinho. Macera-se oito dias e tomam-se três colheradas de sopa após as refeições.

 

Também pode tomar 100g de folhas de Salvia, sumidades floridas de tasneirinha e vinho branco (falamos da tasneirinha quando comentamos sobre plantas emenagogas).

20 Itens