5 grs sementes morning glory var. pearly gates

R$9,90

 5 grs sementes (por volta de 140 sementes) morning glory variedade peralygates

Quantidade
Esgotado


Última vez que este produto foi adicionado a um carrinho: 24-04-2018

 5 grs sementes (por volta de 140 sementes) morning glory variedade peraly gates

 

vendidas somente para cultivo

a variedade de monrinig glory "pearle gates " são o tesouro das morning glory, a qual produz grande pés com flores
brancas..
Gerações de astecas e nativos no México (região de Oaxaca) supostamente acreditam que uma divindade vive dentro das
flores ..
Essa variedade é a mais procurada e a que produz uma maior taxa de germinação..
nunca tratar qualquer de nossas sementes com quaisquer produtos químicos ou tóxicos
. Estas sementes de glória da manhã são sempre como a natureza, garantindo a melhor chance de ter uma nova adição
impressionante para qualquer Jardim xamanico. As sementes são cultivados organicamente..


A Morning Glory pertence ao mesmo grupo da Ololiuhqui (Rivea corymbosa) ambas originárias da América Latina, do norte do México ao sul do Peru, e está grandemente naturalizada noutras zonas. As suas sementes dão trepadeiras perenes com lindas flores azuis e muito cultivadas para fins ornamentais. Há muitos tipos diferentes de sementes de Morning Glory, esta é a variedade azul-celeste, a variedade mais bela.Durante muito tempo a Morning Glory Junto com a Ololiuhqui (Rivea corymbosa) foi muito difundida pelos nativos mexicanos. Nesta zona era um enteógeno muito usado. Hoje se encontra nas aldeias de Oaxaca, onde servem os povos nativos com ajuda ou respostas. As sementes são usadas pelos feiticeiros Aztec para comunicarem com os seus deuses. A Ololiuhqui também é usada na medicina tradicional mexicana como cura para flatulência, doenças venéreas, dores, e remover tumores. Diz-se fazer milagres quando aplicada adequadamente.A Morning Glory é considerada uma planta mágica pelos “curanderos” mexicanos, que costumam mastigar as sementes, em seus rituais mágico-religiosos. Os índios relatam visões poderosas.Possivelmente isto se deve às condições culturais e à orientação xamã. Há indícios que essas sementes são usadas há mais de 2000 anos pelos nativos da América